NAVEGAÇÃO EM FOCO – Porto de Belém tem embarque inédito

M/V Liberator deixou o Porto de Belém carregado com 15.200 toneladas de teca. Pela primeira vez, no Brasil, uma operação de embarque de toras de teca em navio break bulk foi realizada. A madeira foi produzida pela TRC – Teak Resources Co. Ao todo, foram 40 mil toras certificadas – o suficiente para encher 580 contêineres – que serão descarregadas no porto de Kandla, na Índia, após 40 dias de viagem. A operação portuária foi do Grupo Atlântica Matapi.
“A gente fica muito feliz, hoje, de estar concluindo uma operação pioneira no Brasil. O desafio foi muito grande. Diante das adversidades do mercado mundial em relação ao contêiner, do que aconteceu na pandemia e a guerra (na Ucrânia), foi uma operação muito especial porque foi uma solução logística feita com o cliente e a Companhia Docas do Pará no embarque a granel da teca. A gente recebeu com muita satisfação esse efeito histórico a nível Brasil.”, comemorou Tiago Pinto, vice-presidente do grupo.
Para o exportador, a solução logística encontrada é fundamental para o escoamento da produção de teca produzia no Pará. O diretor executivo da TRC, Sylvio Coutinho, veio de São Paulo para acompanhar os últimos dias de operação no porto da capital paraense. “A Matapi tem conhecimento da região e uma equipe muito boa. Foi fundamental no primeiro projeto. A gente já conhecia a reputação da empresa e foi do jeito que a gente imaginou: um comprometimento muito forte do lado deles, e que fez acontecer”, valorizou Coutinho. “Foi um desafio, é um projeto estratégico pra gente e considera que é o primeiro de muitos”.
O navio break bulk costuma ser utilizado no transporte de cargas em sacos, caixas, engradados, tambores, barris, e pouco perecíveis. Além disso, atende a demanda de transporte de vários clientes com o objetivo de “rachar” o frete. A solução para receber toras de madeira vem justamente no momento em que o setor logístico enfrenta os desafios impostos pela pandemia, que resultaram em escassez de contêineres com o reaquecimento da economia global. Antes, cargas de madeira eram exportadas em contêineres por Vila do Conde, em Barcarena.
André Gonçalves, consultor da RA Comex Trading, afirma que é um fluxo que nunca havia acontecido no Pará. “A gente conseguir, de forma pioneira, efetivar isso dentro do nosso Estado, dentro da nossa cidade, aonde o porto não estava mais sendo trabalhado, é realmente um projeto que abre portas e mostra que o Porto de Belém ainda tem condições de trabalhar e de abrigar muito o movimento de carga”, explicou Gonçalves.

FAB realiza entrega de espadim

Cadetes da AFA recebem espadim

Superação, espírito de corpo e coragem são algumas das expressões que fazem parte do dia a dia dos 208 cadetes da Academia da Força Aérea (AFA), que concluíram, na sexta, mais uma etapa rumo à realização de um sonho: tornar-se oficial da FAB. Em cerimônia militar conduzida pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, a instituição de ensino realizou a entrega dos espadins aos integrantes da turma “Ártemis”, símbolo que representa coragem, lealdade, honra, dever e pátria, e que irá acompanhá-los ao longo dos quatro anos de formação.
A solenidade foi prestigiada, ainda, pelo ministro da defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; ministro-chefe do gabinete de segurança institucional da Presidência da República, Augusto Heleno Ribeiro Pereira; pelo comandante da Marinha do Brasil, almirante Almir Garnier Santos; comandante da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior; chefe do Estado-Maior Conjunto das forças armadas, general Laerte de Souza Santos; oficiais-generais da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Aeronáutica; além de ex-ministros de Estado.
A turma “Ártemis” é composta por 208 cadetes, sendo 133 cadetes aviadores, 46 intendentes e 29 de infantaria da Aeronáutica, e dois cadetes de nações amigas: um paraguaio e um da República do Benin.

Mares & Rios

A AFA é o órgão de ensino superior do comando da Aeronáutica que tem a missão formar oficiais de carreira. Até hoje, mais de 10 mil oficiais aviadores, intendentes e de infantaria, sendo 7.431 aviadores, 2.430 intendentes, 606 oficiais de infantaria da Aeronáutica e 209 oficiais de nações amigas. O ensino na Instituição desenvolve-se por um período de quatro anos, abrangendo as áreas de instrução militar e doutrinária, ensino científico e ensino técnico especializado, além do treinamento físico.

Os 16 novos terminais hidroviários inaugurados pelo interior do Estado estão garantindo mais segurança nos primeiros dias de férias escolares neste mês de julho. Um dos mais movimentados é da vila de Algodoal, e claro, o maior de todos, o de Santarém.

Pela primeira vez, o KC-390 Millennium da Força Aérea Brasileira (FAB), aeronave pilotada pelo 1° Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1°GT) realizou o lançamento de carga na Antártida. A missão, a bordo da aeronave que integra a frota da FAB há três anos, teve início com a decolagem da Base Aérea do Galeão (BAGL), no Rio de Janeiro (RJ), dia 27/06 às 8h23 (horário de Brasília) rumo à Estação Antártica “Comandante Ferraz”, para apoiar a Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR).

O prático João Paulo, “decano” da Manaus Pilot, o CMG Jorge Antunes e o comandante César Machado, gerente da Manaus Pilot.

Na última sexta-feira, em solenidade presidida pelo vice-almirante Ralph Dias da Silveira Costa, comandante do 9° DN, tomou posse o novo capitão dos portos da Amazônia Ocidental, substituindo o capitão-de-mar-e-guerra Jorge de Oliveira Antunes Junior. A cerimônia ocorreu no Centro Técnico de Formação de Fluviários da Amazônia Ocidental e contou com a participação de autoridades civis e militares, além de membros da comunidade marítima.

Romarinho e Torquato em uma arena de futebol society em Mosqueiro

Romarinho, jovem atleta mosqueirense, conheceu o veterano goleiro do Paysandu, José Torquato. Na década de 70, o hoje juiz de direito, era ovacionado e conhecido pela torcida bicolor como “Thor, o terror da Curuzu” por causa da estatura avantajada e defesas sensacionais. Romarinho e “Thor” já estão convocados para o time da imprensa paraense. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next