NAVEGAÇÃO EM FOCO – Hub quer modernizar operações portuárias e logística

O Cubo Itaú, centro de inovação e fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina, ao lado da Wilson Sons, Porto do Açu e Hidrovias do Brasil e Radix, anuncia a criação do Cubo Maritime & Port, o primeiro hub focado em tornar as operações portuárias e o transporte aquaviário de carga da América Latina mais eficientes, seguros, sustentáveis e íntegros, por meio da inovação.
A iniciativa tem como objetivo proporcionar a integração entre as diversas pontas do setor para acelerar a inovação aquaviária na América Latina, mercado com grande potencial, além de dar abertura para a entrada de shiptechs (empresas de tecnologia do setor) internacionais para trabalharem e compartilharem experiências com o Brasil.
O segmento das shiptechs conta com mais de 500 startups desenvolvedoras de soluções de eficiência tecnológica ao redor do mundo. No Brasil, esse mapeamento mostra não mais do que 20 startups atuando diretamente no setor. Na Amazônia, duas hidrovias, a do Madeira e a do Tapajós, são responsáveis pelo volume de grãos embarcados nos portos do Arco Amazônico, especialmente Itacoatiara, Santarém e Vila do Conde. As startups tem capacidade de desenvolver tecnologias para garantir com mais agilidade na região.

Comunidades ribeirinhas se tornam parceiras da Base Integrada no Marajó

A Base Integrada Antônio Lemos garante mais segurança ao Marajó

Os moradores das várias comunidades ribeirinhas de Breves, Portel e Melgaço, no arquipélago do Marajó, tem procurado a Base Integrada de Segurança, recentemente instalada no furo de Breves, para relatar a sensação de segurança na região, graças à presença dos policiais militares na região.
São várias as embarcações que aportam na balsa de aço que funciona de base e vai passar a receber bombeiros, policiais civis, fiscais da Sefa para ampliar as ações de combate às ações de piratas, tráfico de drogas, abuso e exploração de crianças e adolescentes.
O sargento da PM Átila, que presta serviços na base, aponta a importância da Polícia Militar que fiscaliza embarcações e navios de passageiros para combater a presença de ratos d’água, como são chamados os piratas da Amazônia.

CRECI homenageia o Comandante Militar do Norte

Em um evento realizado na sede do Conselho Estadual de Corretores de Imóveis Pará e Amapá (CRECI 12ª Região), o comandante do Comando Militar do Norte, general de exército Challela, recebeu homenagens da diretoria. A presidente do conselho, Marlene Assunção, destacou a atuação do Exército e do Comando Militar do Norte na Amazônia brasileira.

Mares & Rios

A Diretoria de Portos e Costas (DPC) acolheu a sugestão do Sindmar na ampliação e simplificação do processo de renovação do certificado de competência de oficiais de náutica e de máquinas mediante a realização de exames prático e teórico para marítimos afastados da atividade por mais de cinco anos.

A nova orientação, publicada recentemente após revisão da Normam – 13/DPC, foi proposta pela diretoria do Sindmar à Autoridade Marítima em função da baixa adesão ao processo de renovação tradicional, já que muitos marítimos encontram dificuldades para arcar com os custos de viagem e estada no Rio de Janeiro e em Belém, locais em que tradicionalmente os cursos são realizados.

O Primeiro Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (1º/8º GAV) – Esquadrão Falcão, sediado na Base Aérea de Natal (BANT), em Parnamirim (RN), que tem como comandante o tenente-coronel aviador Wankley Lima de Oliveira, resgatou, no dia 12/07, um homem com suspeita de ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em um navio mercante panamenho que seguia do Brasil para os Estado Unidos. O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), Organização da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela coordenação de missões aéreas, acionou o Esquadrão após o contato do Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico do Recife (SALVAERO Recife).

Esta semana, circulou nas redes sociais um vídeo de uma pequena embarcação cruzando a proa de um super graneleiro. O navio em questão é o M/V “Good Hope Max”, que navegava pelo Rio Amazonas, nas proximidades do município de Óbidos, com destino ao terminal de bauxita de Juruti, sob a responsabilidade dos práticos da Bacia Amazônica Negrão e Dantas. A cena registrada é frequente na região e o prático precisa estar sempre atento e com o coração 100%.

Oficiais e eletricistas vinculados à Maersk Supply Service (MSS) aprovaram, por unanimidade, as propostas de acordo coletivo de trabalho (ACT) 2020/2021 e 2022/2024 oferecidas pela empresa. O resultado da votação foi divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (Conttmaf). Em mensagem circular, o Sindmar lembra que a MSS estava há mais de 10 anos sem assinar acordo com a representação sindical, o dobro do tempo em que a maioria das empresas ligadas à Associação Brasileira das Empresas de Apoio Marítimo (Abeam) ficou, também, sem apresentar uma proposta justa para oficiais e eletricistas.

Na sexta, o presidente da Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR-Pará) e do Grupo Atlântica Matapi, Relton Osvaldo Pinto, comemorou mais um ano de vida. Aos 67 anos, o amigo Relton teve a felicidade de comemorar o aniversário ao lado da família e dos colaboradores da Matapi, na Marine Park, em Belém. Depois das seguidas operações bem-sucedidas, contribuindo para o desenvolvimento do setor madeireiro, e cheio de saúde, não faltam motivos para comemorar o novo ciclo. Parabéns!

Relton Osvaldo Pinto comemorou o aniversário ao lado da família e dos colaboradores da Matapi
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next