NAVEGAÇÃO EM FOCO – 157º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo

Capitão de Fragata (IM) Vitorino, CMG (IM) Souza de Assis, Orson Féres (Soamar-Brasil), Alexandre Carvalho, Relton Osvaldo Pinto (Soamar-PA) e Tiago Pinto (Grupo Atlântica Matapi)

A Marinha do Brasil comemorou no último dia 10, em todo o Brasil, o aniversário da Batalha Naval do Riachuelo. Em Belém, a solenidade ocorreu no Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar” (CIABA) e foi presidida pelo Comandante do 4º Distrito Naval, o vice-almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa.
Durante a cerimônia foi, lida a ordem do dia do comandante da Marinha, almirante de esquadra Almir Garnier, e a mensagem do presidente da República Jair Bolsonaro, que fez referência aos feitos dos heróis que combateram em uma das Batalhas mais importantes da Guerra da Tríplice Aliança, a Batalha Naval de Riachuelo.
Houve também a imposição da Medalha da Ordem do Mérito Naval a instituições e personalidades que prestaram relevantes serviços à Marinha do Brasil. Foram agraciados em Belém: as instituições Base Naval de Belém e 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas; os militares coronel bombeiro Hayman, capitão de mar e guerra Costeira, e o capitão de mar e guerra Paiva; e os suboficiais Jean Barros do Nascimento e Kelson Amando Batista Bezerra.

Governo do Pará vai inaugurar a Base Antônio Lemos

Base Integrada Antônio Lemos

Se não houver acidente de percurso, o governador Helder Barbalho inaugurará, no próximo dia 24, a Base Integrada Antônio Lemos, um posto policial fluvial no rio Tajapuru, na região conhecida como Estreitos de Breves. A obra tem investimento de R$ 4,5 milhões.
A localização é estratégica. Por lá, navegam grandes embarcações que viajam entre as capitas Belém, Manaus e Macapá, além de uma centena de municípios que compõe o delta do Amazonas. Nestas rotas, são transportados passageiros e diversos tipos de cargas, como cargas, como eletro-eletrônicos, alimentos e produtos da floresta, a exemplo da castanha-do-Pará e madeira. Mas, há também a circulação de drogas e produtos contrabandeados.
Por isso, o sistema de fiscalização de meio ambiente, receita, justiça Federal e controle de mercadoria, funcionarão de forma integrada. Além disso, o posto poderá abrigar 25 agentes, possui sistema de tratamento de esgoto sanitário, dois grupos geradores, celas provisórias, heliponto, voadeiras e armamento para enfrentar quadrilhas e ratos d’água, os piratas da Amazônia.
Os agentes também vão combater a exploração sexual infantil, protegendo as famílias ribeirinhas que vivem nos municípios do Marajó e dar um novo ordenamento no intenso tráfego de embarcações no estreito de Breves.

Porto de Santarém inicia operação de transbordo de carga

O Porto de Santarém passará a ter 3 navios atracados operando e um fundeado, também em operação.

Com o objetivo de aumentar ainda mais a movimentação do porto de Santarém, no próximo dia 13 de junho, com a chegada do Navio MV “Western London” 179 metros de comprimento, 30 metros de boca e 39.260 DWT, o Porto de Santarém entra no sistema de operação de transbordo de carga. A operação será realizada com o navio fundeado, na área de fundeio homologada pela Companhia Docas do Pará, obedecendo todos os parâmetros operacionais apresentados como resultado da simulação de manobra em fast time, Simulação dinâmica de esforços e do estudo de análise de riscos aplicados até o momento.
O navio deverá carregar 26.157 toneladas de milho DDGS (com uma tolerância de 10%). O serviço de praticagem será realizado pelos práticos da Bacia Amazônica ZP-1, embarque coordenado pela atalaia da cooperativa Unipilot em Fazendinha(AP) e deverá ocorrer hoje pela parte da manhã. A operação portuária será por conta da Mega Logística Serviços Portuários.

Super comboio, vem ai.

Luiz Omar Pinheiro e Angelo Maranhos da Hidrovias Brasil.

A região Amazônica realmente vive um grande momento, pois em conversa com o Ângelo Maranhos, gerente de relações institucionais da Hidrovias do Brasil, tomei conhecimento que já se encontra em fase final de aprovação por parte da autoridade marítima, o super comboio de 345 metros de comprimentos e 37 metros de boca, que irá transportar grãos de Miritituba para o Porto de Vila do Conde. Em breve, reportagem completa sobre o assunto.

CPAP – Curso de Formação de Aquaviários

Entrega de certificados e caderneta de inscrição e registro.

A Capitania dos Portos do Amapá (CPAP), que tem como Comandante o CMG Kaysel Ribeiro, realizou, de 30 de maio a 07 de junho, o curso de Formação de Aquaviários – Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés e de Máquinas, formando 59 novos aquaviários na comunidade Santa Maria do Rio Curuçá, no Município de Mazagão (AP). O curso destina-se ao preparo de profissionais para ingresso na Marinha Mercante como aquaviários do 2º Grupo – Fluviários, seção de Máquinas e seção de Convés, com inscrição na Categoria Marinheiro Fluvial Auxiliar de Máquinas e Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés.

MARES & RIOS

Foi lançado, em Belém, o livro “Pobreza e dificuldade: dá para superar”, de Wanda Engel. A autora é doutora em Educação. Em 1999, foi nomeada secretária de Assistência Social, com status de ministra. Nessa pasta coordenou o Projeto Alvorada, que tinha como objetivo reduzir a pobreza e as desigualdades regionais no país e incluiu l6 programas sociais durante o governo FHC. Além disso, chefiou as Políticas Sociais do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, onde foi condecorada pela ONU em reconhecimento de seu trabalho.

Durante a cerimônia da Batalha Naval de Riachuelo, o colunista conversou com o casal e amigo Sônia e Alcides Guedes sobre um projeto voltado para formação de marítimos fluviais no Rio Amazonas. Em breve teremos novidades.

Na noite da última quinta-feira (09), os Adesguianos estiveram reunidos no restaurante Avenida, em Belém, para o tradicional jantar. O delegado Mário Martins Jr. comandou o encontro e anunciou novidades para os Diplomados da Escola Superior de Guerra. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next